Einstein superdotado…

Quem quer passar em uma boa universidade, onde o vestibular é concorrido, não tem outra saída: tem que estudar. Às vezes melhor que a quantidade é a qualidade, ou seja, não adianta ficar horas enrolando, tem que ter método e ser direto.Quer um exemplo? O indeciso aqui não gostava de matemática, mas tinha que encará-la ano após ano. Como fazer? Olhar as expressões, os logaritmos e esbravejar para uma folha de papel? Desenvolvi um método baseado na repetição. Não sei se era o melhor, o pedagogicamente certo, mas nada funcionava comigo melhor que a repetição. Pegava um exercício feito em sala, copiava algumas vezes até tentar entender a lógica, depois repetia em exercícios parecidos e quando menos percebia compreendia o “X” da questão, literalmente.

Mas não estude só para passar em uma prova, ou para recuperar nota. Estude para ter conhecimento e não venha com aquele papo: isso serve para quê mesmo, nunca vou usar isso… Pior que a falta de acesso ao conhecimento, é a ignorância. E não há maior ignorante que aquele que rejeita o saber.

Método e estudo, esse é o segredo. Ou isso, ou reze para descobrir sua “superdotação”, como o rapaz da reportagem. Clique aqui. Ou ainda, descubra através de um rápido questionário se você não é um pequeno gênio.

Anúncios